Mostra 70 Anos do cineasta Takeshi Kitano – Rio de Janeiro-RJ

Compartilhe

Data / Hora 17/01/2017 - 29/01/2017 / 15:30 - 20:00

Localização (clique para o MAPA)
CAIXA Cultural Rio de Janeiro
Av. Almirante Barroso, 25 - Rio de Janeiro-RJ


A Mostra 70 Anos de Takeshi Kitano: Glória ao Cineasta! apresenta 12 filmes que celebram os 70 anos de um dos japoneses mais famosos do meio cultural


A CAIXA Cultural Rio de Janeiro celebra uma das figuras mais famosas do meio cultural japonês: o cineasta, pintor, romancista e comediante Takeshi Kitano. Em cartaz de 17 a 29 de janeiro, a retrospectiva 70 anos de Takeshi Kitano: Glória ao Cineasta! apresentará 12 trabalhos do realizador – aproximadamente dois terços de sua obra – que mostram a diversidade de sua produção e sua versatilidade artística. Na programação, também haverá dois bate-papos sobre sua obra, às sextas-feiras (20 e 27). O projeto tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e Governo Federal.

Takeshi Kitano

Conhecido primeiramente por apresentar programas de humor na televisão, Takeshi inventou o Castelo de Kitano, programa que teve uma notória versão brasileira – as Olimpíadas do Faustão. Disposto a aceitar outros desafios, reinventou-se como cineasta, originalmente com obras sobre os gângsters da yakusa – a máfia japonesa – as quais lhe trouxeram fama internacional, além de fãs como Quentin Tarantino.

Sem parar de propor outras vias de experimentação, Kitano começou a realizar filmes a partir de outras temáticas e de forte sensibilidade artística, o que lhe rendeu alguns dos principais prêmios internacionais, como o Leão de Ouro no Festival de Veneza pelo filme Hana-bi – Fogos de artifício (1998). Também são destaques da mostra, as famosas obras Sonatine (1993), Kids Return (1996), O Verão de Kikujiro (Kikujiro no Natsu, 1999), Brother – A Máfia Yakuza Em Los Angeles (2000) e Dolls (2002).

Seus temas são fortes, mas suas produções são altamente poéticas, sem abdicar do senso de humor que sempre o destacou – de tempos em tempos, o diretor aposta em comédias rasgadas. Por tudo isso, Kitano é aplaudido como um diretor de cinema de nível mundial, e seus fãs mais fervorosos são chamados de “Kitanistas”.

Com curadoria de Gustavo Henrique e Guilherme Delgado, a mostra está dividida em três linhas mestras: O Submundo do Crime; Experimentações e a Trilogia Autobiográfica.

Há filmes de ação, de comédia, de drama, e alguns em que tudo isso aparece misturado”, explica Gustavo.

A mostra acontecerá justamente durante o aniversário de 70 anos do artista, que nasceu em 18 de janeiro de 1947.

É nossa forma de homenageá-lo, e também de permitir ao público carioca assistir a vários filmes que não entraram em circuito comercial por aqui, alguns totalmente inéditos no país”, conta Guilherme.

Todos os filmes terão legendas em português, e aqueles que assistirem a três sessões ou mais da mostra ganharão um catálogo com informações e estudos sobre a filmografia de Kitano.

Em outubro de 2016, Takeshi Kitano foi homenageado com a Legião de Honra, máxima condecoração francesa, por sua contribuição à transformação do panorama televisivo com a série Fuun! Takeshi Jo, assim como pelo impacto de seu cinema e arte. O diretor já havia recebido títulos da Ordem das Artes e Letras da França (Cavaleiro, em 1999, e Comendador, em 2010).

Conversas com especialistas

Fazem parte da programação, duas conversas com as professoras Janete Oliveira e Michiko Okano, especialistas sobre a obra de Kitano. Os bate-papos ocorrem às sexta-feiras 20 e 27, logo após a exibição dos últimos filmes de cada dia. Doutora em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), Janete Oliveira é professora do Setor de Japonês do Instituto de Letras da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). A japonesa radicada no Brasil Michiko Okano é doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e professora de História da Arte da Ásia na Universidade Federal de São Paulo, além de ter sido assessora cultural sênior da Fundação Japão entre 1995 e 2009.

Endereço

CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 1
Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô e VLT: Estação Carioca)

Telefone

(21) 3980-3815

Horários

Vide programação abaixo

Ingressos

R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia.

Lotação

81 lugares (mais 3 para cadeirantes)

Ficha Técnica

Curadoria e Produção: Guilherme Delgado e Gustavo Henrique
Realização: Tentáculos Espetáculos
Programação Visual: not.a.pipe

Serviço

Mostra 70 Anos de Takeshi Kitano: Glória ao Cineasta!
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 1
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô e VLT: Estação Carioca)
Telefone: (21) 3980-3815
Data: 17 a 29 de janeiro de 2017 (terça-feira a domingo)
Horários: Consultar programação
Ingressos: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia.
Lotação: 81 lugares (mais 3 para cadeirantes)
Classificação Indicativa: Consultar programação
Acesso para pessoas com deficiência
Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal
Assessoria de imprensa: Waleria de Carvalho – waleriadecarvalho@gmail.com (21) 99742-9777
Assessoria de Imprensa da CAIXA Cultural Rio de Janeiro (RJ) (21) 3980-3096 | 4097

Programação

17 de janeiro (terça-feira)

15h30 – Brother – A Máfia Yakuza Em Los Angeles (2000), de Takeshi Kitano, 114 min,14 anos.

18h – Zatoichi (2003), de Takeshi Kitano, 116 min, 14 anos.

18 de janeiro (quarta-feira)

15h30 – Takeshis’ (2005), de Takeshi Kitano, 108 min,14 anos.

18h – Estás-te a Safar? (Getting Any?) (1995), de Takeshi Kitano, 108 min, 14 anos.

19 de janeiro (quinta-feira)

15h30 – Dolls (2002), de Takeshi Kitano, 114 min,14 anos.

18h – Uma Cena à Beira-mar (1991), de Takeshi Kitano, 101 min, 14 anos.

20 de janeiro (sexta-feira)

15h30 – Volta às Aulas (1996), de Takeshi Kitano, 107 min.14 anos.

18h – Hana-bi – Fogos de Artifício (1997), de Takeshi Kitano, 103 min, 14 anos.

Bate-papo com o curador Guilherme Delgado e a pesquisadora Janete Oliveira

21 de janeiro (sábado)

15h30 – Glória ao Cineasta (2007), de Takeshi Kitano, 108 min.14 anos.

18h – Verão Feliz (1999), de Takeshi Kitano, 121 min, 14 anos.

22 de janeiro (domingo)

15h30 – Aquiles e a Tartaruga (2008), de Takeshi Kitano, 119 min,14 anos.

18h – Outrage (2010), de Takeshi Kitano, 109 min, 14 anos.

24 de janeiro (terça-feira)

15h30 – Outrage (2010), de Takeshi Kitano, 109 min, 14 anos.

18h – Glória ao Cineasta (2007), de Takeshi Kitano, 108 min,14 anos.

25 de janeiro (quarta-feira)

15h30 – Verão Feliz (1999), de Takeshi Kitano, 121 min, 14 anos.

18h – Aquiles e a Tartaruga (2008), de Takeshi Kitano, 119 min,14 anos.

26 de janeiro (quinta-feira)

15h30 – Estás-te a Safar? (Getting Any?) (1995), de Takeshi Kitano, 108 min, 14 anos.

18h – Volta às Aulas (1996), de Takeshi Kitano, 107 min,14 anos.

27 de janeiro (sexta-feira)

15h30 – Zatoichi (2003), de Takeshi Kitano, 116 min, 14 anos.

18h – Dolls (2002), de Takeshi Kitano, 114 min,14 anos.

Bate-papo com o curador Gustavo Henrique e a pesquisadora Michiko Okano.

28 de janeiro (sábado)

15h30 – Hana-bi – Fogos de Artifício (1997), de Takeshi Kitano, 103 min, 14 anos.

18h – Brother – A Máfia Yakuza Em Los Angeles (2000), de Takeshi Kitano, 114 min,14 anos.

29 de janeiro (domingo)

15h30 – Uma Cena à Beira-mar (1991), de Takeshi Kitano, 101 min, 14 anos.

18h – Takeshis’ (2005), de Takeshi Kitano, 108 min.14 anos.

Saiba mais

www.facebook.com/70anosdekitano

www.facebook.com/CaixaCulturalRioDeJaneiro

Compartilhe

[social_share style=”bar” align=”horizontal” heading_align=”inline” text=”” heading=”” facebook=”1" twitter=”1" google_plus=”1" linkedin=”1" pinterest=”1" link=”” /]

 

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *