Glossário


Compartilhe

Banzai Banzai – “dez mil anos” (literalmente).  É equivalente ao “Viva!”. Numa cerimônia oficial esta saudação é dedicada ...

Bonenkai Bonenkai – Festa de final de ano para se despedir tanto dos acontecimentos bons como ...

Bonsai Bonsai – “árvore num vaso” (literalmente). Bonsai é mais do que o cultivo de uma árvore ...

Bunkyo Bunkyo – Palavra formada pela contração da expressão “Bunka Kyokai”, onde Bunka é Cultura e ...

Sumiê – Arte da pintura japonesa com tinta monocromática sumie-arte-da-pintura-japonesa-com-tinta-monocromatica600x315Sumiê – Arte da pintura japonesa com tinta monocromática

O glossário NIPPO Brasília reúne as palavras, termos e expressões japonesas que são utilizadas no portal.

B

  • Banzai – “dez mil anos” (literalmente).  É equivalente ao “Viva!”. Numa cerimônia oficial esta saudação é dedicada exclusivamente ao imperador, mas, também, é usual para prestar homenagem e ao final de ocasiões festivas. Os braços são elevados acima da cabeça, gritando-se banzai, banzai, banzai (geralmente por três vezes). \o/ \o/ \o/
  • Bonenkai – Festa de final de ano para se despedir tanto dos acontecimentos bons como dos ruins ou desagradáveis, deixando prá trás as rivalidades, as desigualdades e purificar o espírito para o Ano Novo (Vida Nova) que está chegando. Nesta ocasião são ditas as frases: “kotoshimo osewani narimashita” (muito obrigado pela colaboração deste ano) e “rainenmo yoroshiku onegaishimasu” (espero poder contar com a sua coloboração no ano que vem).
  • Bonsai – “árvore num vaso” (literalmente). Bonsai é mais do que o cultivo de uma árvore num vaso, é a arte de moldá-la para que tenha aspecto natural e a aparência de uma árvore adulta sob as intempéries da natureza. O bonsai, tal qual a árvore adulta, muda a cada estação, ano após ano, requerendo trato diário com cortes e podas pelo resto da vida… e quanto mais o tempo passa, mais e mais vistosa ela fica.
  • Bunkyo – Palavra formada pela contração da expressão “Bunka Kyokai”, onde Bunka é Cultura e Kyokai é Associação, ou seja, significa Associação Cultural.

C


  • Chado, Chanoyu ou Cerimônia do Chá – A tradicional e ritualística cerimônia para “simplesmente” servir chá. Por trás do simplesmente, vestes, gestos, polidez, tranquilidade, estão anos de prática, postura, tradição, reverência, concentração, entre outros, e arte.

G

  • Gohan – Arroz.
  • Gyoza [pronuncia-se guioza] – “pastelzinho” oriental recheado com carne e legumes.

H

  • Hinomaru – “círculo do sol” (literalmente). A bandeira nacional japonesa, branca com um círculo vermelho no centro.

I

  • Irashaimase – seja bem vindo(a). Forma muito polida e costumeira dos japoneses recepcionarem os visitantes.

K

  • Karaoke [pronuncia-se karaokê] – Entretenimento originário do Japão (cidade de Kobe) para se cantar acompanhado de um fundo musical com músicos ao vivo ou playback instrumental. A palavra é composta de “KARAppo” que significa “vazio” e “OKEsutora”, que  significa “orquestra”.
  • Kakejiku – A arte da pintura em rolos japonesa.
  • Kiri-ê – Arte japonesa que consiste no recorte do papel usando instrumentos afiados como tesoura ou estilete. Recorta-se em torno da uma figura e/ou áreas internas, vazando o material. “Kiri” significa cortar e “Ê”, significa desenho. O efeito obtido é uma composição de fundos mais imagens que criam um efeito de alto-relevo.

M

  • Mangá – O conhecido e reconhecido Quadrinho Japonês que tem influenciado os quadrinistas ocidentais. Desenhos com ângulos diferentes, inserção de onomatopéias e expressões faciais trasmitem o calor da cena.
  • Matsuri – Festival. “uta matsuri”, festival de canto, festival da canção.
  • Motiyori – Refeição comunitária onde cada participante leva um prato de comida.

N

  • Nikkei [nikkey] – (pessoa) de origem japonesa, emigrantes japoneses e seus descendentes.
  • Nori – São como folhas de papel mas feitas de algas marinhas, desidratadas e tostadas. Tem um leve sabor marinho e é usado para envolver o arroz e fazer o maki sushi (o sushi em rodelas).

O

  • Oshougatsu – Comemoração do Ano-Novo Japonês. Um momento sagrado para os japoneses para se purificar, fazer orações e dar boas-vindas ao ano que se inicia. As pessoas se cumprimentam di­zendo “(Shinnen) Akemashite omedetou gozaimasu” cordialmente complementado por “Kotoshimo yoroshiku onegaishimasu” – “Felicitações pelo Novo Ano que se inicia, conto com a sua inestimável colaboração neste ano, também”.
  • Otaku – “Sua casa” (literalmente) [pronúncia otáku]. No ocidente, diz respeito ao fã dedicado de manga ou anime vestindo-se e comportando-se como o personagem de forma artística, porém, no Japão, toma significado mais amplo como “fanático”, incorporando religiosamente o objeto de adoração (seja anime, seus personagens, brinquedos, pessoas famosas, etc).
  • Otera – [pronúncia oterá] Templo.

R

  • Rojinkai – Associação dos Idosos.

S

  • Sanshin – Instrumento musical feito de couro de cobra e com apenas três cordas, é tocado usando um dedal chamado “chimi”. Muito popular em Okinawa, conta-se que foi inventado por um gênio chamado Akainko, que deu-lhe o nome de Sanshin, significando “três linhas”. É derivado de instrumento chinês similar chamado “sanxian”.
  • Sashimi – Prato da culinária japonesa servido de finos filés de peixe fresco. É muito apreciado acompanhado de shoyu e wasabi.
  • Shamisen – O Sanshin de Okinawa é o Shamisen no Japão e significa “o sabor das três cordas”. Embora similares possuem características diferentes.
  • Shakuhachi – [pronuncia-se chakuhati] Flauta de bambú japonesa que era tocada somente por monges nos templos da seita zen-budista “Fuke”. Séculos depois, o shakuhati passou a ser tocado, também, fora dos templos, juntamente com o Koto e o Shamisen, tornando-se um dos principais instrumentos da música clássica japonesa.
  • Shakuhachi Honkyoku: Em idos do século XVI, um monge percorreu o Japão coletando as diversas melodias ensinadas aos praticantes de shakuhachi nos templos. Originou-se, assim, o Honkyoku, uma coleção de 36 peças para o Shakuhachi Solo de caráter formalmente meditativo e de estética bastante peculiar, com algumas composições até do século VIII.
  • Shinenkai – Festa para dar as boas vindas ao Ano Novo, uma Vida Nova; daí a importância do Bonenkai para resolver os problemas e esquecer os rancores do ano anterior. Nesta ocasião a frase mais dita é: “akemashite omedetou gozaimasu” (parabéns pela passagem de ano novo), complementado por “kotoshimo yoroshiku onegaishimasu” (conto novamente com a sua coloboração neste ano).
  • Shodô – Arte da escrita caligráfica japonesa que desenvolveu-se como forma de expressão artística e meditação. “sho” escrita, “do” caminho.
  • Shoyu – Molho de soja.
  • Sushi – O sushi é feito de arroz, temperado com vinagre, de sabor levemente agridoce. Pode ser preparado em rolos com vegetais, peixes ou outros frutos do mar ao centro, sendo envolto com nori e servido fatiado em rodelas (norimaki sushi). Também pode ser servido uma pequena porção de arroz coberto com o filé de peixe, camarão ou kanikama.
    Em essência o arroz é o substrato para degustar as iguarias que lhe dão o nome, sushi de salmão, sushi de atum, sushi de ovas de peixe-voador, mas, principalmente, “devoramos com os olhos”, são pequenas obras-primas da culinária japonesa.

T

  • Taiko – [pronuncia-se taikô] Tambor. Instrumento de percussão muito utilizado em festividades e, geralmente, tocado em grupo.
  • Tempura – [てんぷら ou 天麩羅 – pronuncia-se tempurá] São os empanados orientais: tempura de legumes, geralmente, composto por bardana, cenoura, cebola, chu-chu, em tiras bem finas. Ebi Tempura, o tempura feito de camarão. Serve-se acompanhado de caldo leve temperado com Shoyu (molho de soja).

U

  • Udon – Uma especialidade da culinária nipônica preparada com macarrão japonês grosso e substancioso, servido em delicioso caldo bem quente com tempurá, cebolinha e kamaboko, uma saborosa combinação para aquecer no inverno.
  • Undoukai – A melhor tradução é “gincana poliesportiva”, uma atividade comunitária que reúne famílias inteiras, crianças, adultos e idosos, em brincadeiras simples com premiação para todos que participam.
  • Uta – [pronuncia-se utá] Canto, canção.

W

  • Wasabi – “rosa das montanhas”. O wasabi é o nome da planta encontrada na região montanhosa do japão e de suas raízes obtém-se uma pasta de cor esverdeada. Seu aroma é característico e o sabor ardido, qual a pimenta, não se fixa, dissipa-se rapidamente. Uma iguaria da gastronomia japonesa para acompanhar o sushi e o sashimi. Para os especialistas, a raiz tem que ser preparada fresca com um ralador especial de pele de tubarão, todavia, os tubinhos industrializados são à base de raiz forte (Horse Radish).
  • Washi – Papel especial japonês feito artesanalmente a partir das fibras da planta chamada Kozo.
  • Washi-ê – Arte japonesa que utiliza o papel Washi para criar composições artísticas.

Y

  • Yakisoba – Macarrão frito. Prato da culinária japonesa feito de macarrão frito com legumes, frango ou carne, em caldo especial.
  • Yakissoba – vide Yakisoba.
  • Yakitori – Espetinho de frango temperado com caldo especial à base de shoyu.
  • Yakiu – Beisebol.
  • Yen – Unidade monetária japonesa. Os ocidentais falam “ien”, no Japão pronuncia-se “en”.
  • Yosakoi Soran – é uma dança contemporânea japonesa de muita dinâmica e movimentos marcantes, além das vestes coloridas, usam um instrumento chamado Naruko, semelhante a uma castanhola. Podendo ser praticado por pessoas de todas as idades, notadamente, têm conquistado o público jovem. Nos festivais japoneses as ruas são tomadas por centenas de pessoas, daí podendo ser chamado de “Carnaval Japonês”.
Compartilhe