A Culinária Tradicional Japonesa – WASHOKU, recebe título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

exibicao-nacional-do-anime-por-que-vivemos-naze-ikiru-23112017-600x315-ultima-semana
Compartilhe

A UNESCO classificou a Comida Tradicional Japonesa (WASHOKU) como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. A decisão foi anunciada na reunião da UNESCO em Baku, no Azerbaijão, em 2013.

O título de Patrimônio Cultural Imaterial ou Intangível da UNESCO reforça a importância de preservar as peculiaridades das tradições de cada povo. Os bens intangíveis são a base para entendimento e valorização das riquezas de uma cultura, lapidadas por uma sociedade durante o seu processo de desenvolvimento.

O WASHOKU é o termo japonês para sua alimentação tradicional, uma refeição completa, balanceada, compartilhada em família e que promove o estreitando de laços de afetividade e proteção. É um ambiente que faz parte da cultura do povo japonês e vai além da refeição em sí, existe um envolvimento social baseado nas habilidades, conhecimentos, práticas e tradições ligadas a produção, a transformação, a preparação e o consumo de alimentos. Uma preocupação com a natureza e o uso sustentável dos recursos naturais, aproveitando os produtos de cada estação e de cada região.


O Japão é um país rodeado por mares (insular), portanto, a predominância de peixes e produtos marinhos, como algas, camarão, crustáceos se faz presente nas receitas. Carnes, aves e o macarrão (soba e udon), originário da china, também compõe o cardápio. O arroz branco é o alimento principal dos japoneses e poucas refeições seriam completas sem a sua presença. Umeboshi e chá verde também fazem parte das refeições. O café matinal é chamado de pequeno almoço, onde se inicia o dia com misso shiru (sopa de pasta de soja), arroz e tsukemono (uma conserva de legumes).

A culinária do Japão escolhe os produtos conforme a sazonalidade das estações do ano, para melhor aproveitar os nutrientes dos produtos e sua beleza. Existe um especial cuidado no preparo, na combinação de sabores e perfeição na apresentação. Os cortes caprichosos, as cores variadas e a diversidade de alimentos que compõem uma refeição, são complementados por flores em arranjos, vistosas porcelanas e tudo, cuidadosa e delicadamente, organizado. O resultado é uma refeição vistosa, um ritual de encher os olhos e a boca de sabores.

Patrimônio Cultural Intangível

A distinção, Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade ou Patrimônio Oral ou Imaterial da Humanidade, foi criada pela UNESCO, em 1997. Este título protege, reconhece e preserva para as gerações futuras, o que não é material, o intangível, na forma de tradições, modos de fazer, formas de expressar, os saberes, as festas, as danças, as lendas, as músicas e os costumes.

UNESCO

A UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – é um órgão executivo da ONU – Organização das Nações Unidas e tem como objetivo contribuir para a paz e segurança no mundo, mediante a educação, ciência, cultura e comunicações. Foi fundada em 1946 e possui sua sede em Paris, na França.

 

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *