Pronunciamento do Imperador Akihito – 08/08/2016

Compartilhe

Pronunciamento do Imperador Akihito – 08/08/2016

O Imperador Akihito do Japão, em seu pronunciamento do dia 8 de Agosto de 2016, em rede nacional disse:

Estou preocupado que possa se tornar difícil para mim realizar minhas responsabilidades como símbolo do Estado com todo meu corpo e alma, como vim fazendo até agora.

Quando um imperador está doente ou seu estado de saúde é grave, me preocupa que, como aconteceu no passado, a sociedade sofra ou a situação possa impactar nas vidas das pessoas. Em algumas ocasiões penso como seria possível evitar esta situação.

Nestes quase 30 anos de reinado o Japão parou para ouvir pela segunda vez o pronunciamento do seu imperador. O primeiro pronunciamento foi em 2011, dirigindo-se às vítimas após o tsunami e que afetou a usina nuclear de Fukushima.

O Imperador do Japão, Chefe de Estado, chefe simbólico do Poder Executivo, não falou abertamente em abdicação, que poderia ser interpretado como uma interferência política.


O Primeiro-Ministro Shinzo Abe, Chefe de Governo, mostrou-se preocupado e logo se pronunciou dizendo que estudará a melhor forma de ajudá-lo.

O Governo no Japão é uma Monarquia Constitucionalista Parlamentarista, cuja constituição obriga o Imperador a governar o país até a sua morte. Uma pesquisa feita pela agencia Kiodo, apurando sobre a possibilidade de abdicação do imperador, constatou que 85% da população é a favor da mudança, caso seja de sua vontade. Mas, para que isso se concretize, mudanças na lei devem acontecer e é o que o Primeiro-Ministro Shinzo Abe deve analisar e articular quando disse que “estudará a melhor forma de ajudá-lo“.

O Imperador Akihito, está hoje com 82 anos, uma saúde fragilizada decorrentes de cirurgia cardíaca e tratamento de câncer de próstata.

O filho primogênito de Akihito e o primeiro na linha de sucessão, é o Príncipe Naruhito, de 56 anos, deverá ter um papel mais ativo nas funções de representação do Estado, que são intensas. Uma “sucessão estável” já estaria em andamento, segundo a imprensa local japonesa.

A influência do Imperador na vida cotidiana é muito forte. Quando o Imperador Akihito subiu ao trono deu início à chamada “Era Heisei“, que significa “Era da Paz e da Concretização“. A ano 2016 é chamado pelos japoneses de “ano 28 da Era Heisei“, ou seja, 28º ano desde que o Imperador Akihito está no trono. Por ocasião de sua morte, o Imperador será referenciado como “Imperador Heisei“.

O pai do Imperador Akihito foi o Imperador Hirohito, que comandou a II Guerra Mundial e fez a declaração pelo rádio, da capitulação de seu país. Este ano comemora-se o 71º aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial.

Akihito casou-se em 1959, com Michiko Shoda, a primeira plebeia a fazer parte da família Imperial do Japão. O casal imperial teve três filhos: Naruhito, Fumihito e Sayako Kuroda. Naruhito é o Príncipe Herdeiro do Japão e Fumihito é Príncipe Akishino, segundo na sucessão.

O Imperador Akihito e sua esposa Michiko, são imensamente respeitados e amados pelo seu povo. Seu pronunciamento desta manhã de segunda-feira, poderá ser o início de algumas mudanças no regime imperial japonês.

Saiba mais

Embaixada do Japão – Brasília-DF

 

Compartilhe